2.8.12

Viver sobrevivendo

E lá estava eu, sozinha novamente. Quando será que eu ia aprender a escolher meus amores? Será que algum dia meu coração irá começar a me obedecer e se machucar menos? Fiquei naquele imenso campo o dia todo, pensando na vida, pensando no próximo passo a tomar. Cheguei a conclusão de que nada adianta ficar chorando e remoendo o que já passou. As vezes uma coisa ruim acontece para que outras melhores possam passar. Pode ser coisa da minha cabeça, talvez minha mente só esteja brincando comigo para me destruir novamente. Mas eu quero tentar, tentar ser feliz, tentar viver. Uma vida pós-amores, mas uma vida. Acho que vai ser mais fácil pra mim, se eu tentar ser mais feliz. Nesses campos tudo me lembra você, foi você que pela primeira vez me trouxe aqui.



Nenhum comentário:

Talvez Poeta © Theme By SemGuarda-Chuvas.