14.4.12

Aquela

Ela finje um sorriso para que ele não perceba que toda vez que ele cita o nome dela , seu coração se quebra cada vez mais. Será que ele percebe que ela perde o folêgo quando ele passa ? Ela ri do que ele fala porque é tão engraçado, e então ele sorri tão perfeitamente, seus dentes brilhantes refletindo na luz do sol, seus cabelos macios soprados pela brisa do verão, aquele rosto iluminava sua mente e derretia seu coração. Nem imaginava que ele poderia ser tudo no mundinho dela, a única coisa que pedia as estrelas, e só com que ela sonhava a noite. Ficava imaginando a beleza da garota, aquela de quem ele tanto fala, por quem ele tanto suspira. Aquela garota tinha tudo com que ela teria que viver sem, sortuda. Talvez ela nem perceba o quão sortuda é, em tê-lo , mas tudo que espera é que ele seja feliz com a outra, aquela , que ela o faça feliz e lhe dê todo o amor que tem. Ele diz estar apaixonado, talvez ele esteja certo. O jeito como ele fala dela é exatamente como eu penso nele.


2 comentários:

Girl Supimpa disse...

Olá, tudo bem?


Belas palavras, você escreve muito bem.

Obrigada pela visitinha =DD

Estou seguindo também ;)
Mantenha contato hein!

Beijos^^

http://www.girlsupimpa.com/

Carol Bortolo disse...

:)

Talvez Poeta © Theme By SemGuarda-Chuvas.