8.3.11

.



E hoje parece tudo tão certo. E é como se todos os erros do mundo fossem lavados por essa chuva mansinha que cai lá fora. É isso: tudo está tão limpo. Bem claro agora. O coração parece menos comprimido, um tantinho mais esparramado no peito. Toda a ira do mundo aplacada por essa promessa de mansidão. E me esqueço da segunda-feira que está por vir, do sol que ainda não apareceu, dos telefonemas ainda não retornados, das soluções que ainda não encontrei. Por um instante, desejo apenas a simplicidade desse dia. Por um instante, desejo essa simplicidade pra vida inteira.

E penso ter descoberto a felicidade.

Nenhum comentário:

Talvez Poeta © Theme By SemGuarda-Chuvas.