9.2.11

Rota de Fuga



Vou esgueirando-me pelas esquinas, em meio a taquicardias e sentimentos confusos. Vou esgueirando-me pelas esquinas, na minha busca inconsciente por você. Enquanto busco, penso-me e fujo de mim. É então que penso-me de novo, e repenso-me outra vez. Em meio a taquicardias e sentimentos confusos, desejo abandonar essa busca inconsequente que só nos afasta cada vez mais. Traço então uma rota de fuga. De hoje em diante, fugirei de todos os jeitos, cheiros e gostos que me lembrem você.

Nenhum comentário:

Talvez Poeta © Theme By SemGuarda-Chuvas.