28.2.11

Mundo clichê.


É. Eu sei. Seria bem fácil falar com você de novo. Dois cliques no mouse, um 
cumprimento carinhoso e talvez um "sinto a sua falta" bem sincero. A resposta. 
É que você sumiu tanto, eu diria.Ah, que nada, muitos trabalhos na faculdade. 
Bem clichê da sua parte. É, eu sei, seria fácil até demais falar com você de 
novo. Mas sabe o que é? Não tô a fim. Sério, eu não quero. Não dessa vez. 
Cansei de coisas clichês, sabe?O garoto que fingiu-se amigo da garota só pra 
sair com ela.Ouviu um punhado de "nãos" e sumiu do mapa. A garota acabou 
magoada, afinal acreditara naquela amizade, você sabe. E é claro que ela 
poderia procurar o garoto de novo, e dizer como vai, e ouvir, ah, eu vou bem.
Seria fácil falar, por quê você mudou tanto em tão pouco tempo? Eu fiz algo 
errado? A gente pode resolver. Seria fácil demais. Ela poderia fazer isso, sim. 
Só que ela não tá a fim dessa vez. Ela tá cansada desse mundo clichê.
Coisas clichês, imagine! Isso é tão 2010!

Nenhum comentário:

Talvez Poeta © Theme By SemGuarda-Chuvas.