13.12.10

Insegurança


Fico sentada imaginadando nós dois. Lembro das promessas que faziamos, não precisava ser pra empre, por que sabiamos que o pra sempre iria acabar.Você me causou um grande e ao mesmo tempo pequeno buraco dentro do coração, que ainda permaneçe ali. A nossa música toca, eu começo a cantar, e vejo você ali junto a mim, me olhando e cantando, e ao mesmo tempo eu lembro dos momentos ruins que vivemos, da esconfiança que existia entre nós,e me pergunto: será que vale a pena chorar por você? Ao mesmo tempo que eu lembro o quanto você me fez bem, eu percebo que é melhor assim. Nós não seriamos felizes juntos, por mais que tentássemos, iria ter sempre alguém ali pra estragar, e eu como sempre, desconfiaria de você. E amor sem confiança não é nada

Nenhum comentário:

Talvez Poeta © Theme By SemGuarda-Chuvas.