9.11.10

Angústia em palavras



Eu queria poder entender tanto egocentrismo num só coração. Uma garota mimada, com a mente pequena, frágil, que se ilude ao pensar que o mundo gira em torno dela. Sapatos, maquiagem e garotos bonitos. Como se a vida fosse feita apenas de futilidades. Pelo contrário, as coisas fúteis são as mais sem importância. Uma garota que acredita querer a própria felicidade, e da forma mais egoísta, tentando me impedir de alcançar meus objetivos. Minha felicidade não está à venda, como os sapatos de grife que ela usa. Não, não abrirei mão do meu destino, dos meus sonhos, e claro, da minha felicidade, que lutei tanto para alcançar, por você. Por uma amizade... falsa.

Nenhum comentário:

Talvez Poeta © Theme By SemGuarda-Chuvas.